Logo


VocĂȘ estĂĄ em: Inicial > noticias > mhud-na-midia > exibir.php

 
Maximizar


CCBB Promove Forum - SITE BB



05/12/2005

CCBB DO RIO PROMOVE FÓRUM NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS PELA PAZ NO CAMPO E NAS CIDADES.
Fonte: Tempestade Comunicação - 05/12/2005
www.bb.com.br


A violência é uma das maiores preocupações da sociedade brasileira e se manifesta de maneiras diferentes no campo e na cidade. No dia 6 de dezembro, de 10h às 21h, o Movimento Humanos Direitos realiza o III Fórum Nacional de Direitos Humanos no Centro Cultural do Banco do Brasil do Rio de Janeiro. Acadêmicos, jornalistas, artistas, integrantes dos movimentos sociais e vítimas da violência, no campo e na cidade, debatem as causas, as conseqüências e propostas de solução.

O evento terá duas mesas temáticas, sobre violência rural e urbana, uma exposição de fotografias, o lançamento do relatório de direitos humanos no Brasil de 2005, e a entrega do Prêmio João Canuto a personalidades e instituições que se destacaram na defesa dos direitos humanos durante o ano.

O ator Marcos Winter, presidente da organização Movimento Humanos Direitos, abre o fórum às 10h, seguido pela professora e doutora Suely de Souza Almeida, decana do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A mesa sobre Violência Rural – causas, conseqüências e perspectivas será composta pelo Frei Henry de Roziers, da Comissão Pastoral da Terra de Xinguara; Maria Joel Dias da Costa, presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Rondon do Pará; Marina dos Santos, coordenadora nacional do setor de direitos humanos do MST; Dr. Hélio Novoa, procurador regional do Incra-RJ, e Carlos Walter Porto Gonçalves, professor da Universidade Federal Fluminense. A mediação será feita pela jornalista Rosa Leal.

A mesa Violência Urbana – características, conseqüências e projetos alternativos será mediada pelo jornalista Bruno Cattoni. Violência doméstica, exploração sexual infantil e tortura serão debatidos pelo ministro da cultura Gilberto Gil, pela professora Eliana Amorim Moura, coordenadora do Centro de Referência de Mulheres da Maré/UFRJ, por Ricardo Albuquerque Paiva, presidente do Cremepe da Paraíba; Fábio Campos, da ONG Ex-cola, e por Paula Poncioni, professora da Escola de Serviço Social da UFRJ. Ao final, será elaborada uma carta aberta com a síntese dos painéis.

Às 17h30, o padre Ricardo Rezende apresenta uma síntese sobre direitos humanos e será lançado o Relatório Direitos Humanos no Brasil 2005, com a presença das autoras Beatriz Affonso, Maria Helena Zamora e Maria Luíza Mendonça. Em seguida, a atriz Camila Pitanga apresenta a entrega do Prêmio João Canuto. Serão homenageados o Comitê Dorothy Stang, a revista Ocas, a ONG Ibase, o Grupo Especial Móvel de Fiscalização do Ministério do Trabalho, o Padre Renato Chiera (Casa do Menor São Miguel Arcanjo) e o jornalista Luiz Erlanger (Central Globo de Comunicação).

Das 10h às 21h, uma exposição com 30 fotos de trabalhadores e manifestações trabalhistas oferece um panorama do combate ao trabalho escravo no Brasil. As fotos são de autoria de Eneraldo Carneiro, Everaldo Rocha, Jorge Nunes, J.R. Ripper, Nando Neves, Samuel Tosta, Vanor Correa e Mariana Magro.



Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. PolĂ­tica de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia