Logo


VocĂȘ estĂĄ em: Inicial > noticias > mhud-na-midia > exibir.php

 
Maximizar


O Brasil tem que deixar de ser criança - O Fuxico



01/09/2006

Marcos Winter: 'o Brasil tem que deixar de ser criança'

O FUXICO 09/06 - 12:00
Por Juliana Ambold
Foto reprodução


Afastado da tevê e do teatro desde outubro do ano passado,  Marcos Winter tem se dedicado a questões sociais. Assim como outros artistas, que emprestam suas imagens para essas questões, Winter tem feito o possível para defender suas causas. Mas, a visão do ator é otimista.

“Nunca se fez tanto e se falou tanto desses assuntos como agora”, afirma.
Os assuntos em questão são trabalho escravo, exploração infantil e meio ambiente. Na visão de Winter, a reforma agrária, seria o passo inicial para uma revolução na desigualdade do país.

“O Brasil tem que deixar de ser criança para ser adulto. Isso tem jeito e o primeiro passo é a reforma agrária”, ressalta.
O ator faz trabalhos voluntários na Ong Movimento Humanos Direitos e no Centro de Atendimento ao Trabalhador, além de ser integrante do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. Segundo ele, se cada um fizesse sua parte, tais situações poderiam mudar.

“Não é preciso fazer muito, se cada um fizesse a sua parte, o mínimo que seja, já iria adiantar e a escolha do voto tem muito a ver com isso”, conta.
O abuso sexual de menores é o que mais causa revolta no ator. Segundo Winter, a exploração infantil é um ciclo, que se forma por falta de conscientização e atitude, para que crianças não sejam colocadas na rua, com a finalidade de serem escravas do sexo.

“Eu acho tudo isso um absurdo. Não dá para aceitar que meninas, crianças, chegam a se prostituir por até 10 centavos. Isso é um crime, eu não quero falar de moral, nós estamos falando de crime”, desabafa.

Enquanto aguarda um convite para voltar à tevê, a idéia de Marcos, futuramente, é produzir um documentário sobre essas questões. Mais informações sobre a Ong Humanos Direitos podem ser obtidas pelo site www.humanosdireitos.org. Além de Marcos, outros artistas como Camila Pitanga, Leonardo Vieira, Letícia Sabatella, Marcos Frota, Osmar Prado, estão entre os associados da organização.



Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. PolĂ­tica de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia