Logo


VocĂȘ estĂĄ em: Inicial > atividades > historico > exibir.php

 
Maximizar


Caravana CREMEPE - Quarta Etapa 2007



07/04/2007

Em nome do MHuD, Salete Hallack participou da quarta e última etapa de 2007, da caravana do CREMEPE. Entre 07 e 11 de abril percorreram 10 municípios de Pernambuco, no sertão: Araripina, Trindade, Ipubi, Bodocó, Exu, Granito, Moreilândia, Cedro, Serrita e Verdejante.

Cidades

A equipe de logística da Caravana já agendou as reuniões com prefeitos, secretários de saúde, conselheiros tutelares e conselheiros municipais de saúde, além de representantes dos moradores das cidades que serão visitadas. O trabalho de divulgação nos veículos de comunicação de toda a região também já foi programado.

Questões especiais das quatro etapas de 2007

1- reforsus (material sem  ser usado) - materiais estocados: Salgadinho, Vertente do Lério, Casinhas,



2-sem merenda = Cumarú

3-hospitais em precárias condições Bom Jardim, Vertentes do Lerio, João Alfredo, São Joaquim do Monte, Itaquitinga são os piores



4-cárcere privado - Itambé - todos conheciam o caso, a mulher além do mais foi estuprada em casa e tem filha de 3 anos

5-desemprego de 90 por cento = Condado o restante superior a 50%

6-Itaquitinga- hospital foi dado prazo pois é passível de interdição pelo número de irregularidades

7- Altinho - crack  na cidade. traficantes são conhecidos por população e autoridades,lei do silêncio

8-Panelas - falso médico (professor) com consultório credenciado ao sus

9-Cupira - hospital sem condições mínimas, pistolagem frequente

10Barra de Guabiraba- equipamentos reforsus encaixotados e novos

11-Camocim de São Felix -reforma do hospital parada desde outubro por questões eleitorais

12-São Joaquim do monte- medico polivalente faz tudo só. recebe quase 100.000do sus. Estado sabe e não entreviu

13-Vertentes falta de higiene, até luvas são reutilizadas



14-Salgadinho - não realiza nem parto normal mas tem incubadora e fototerapia do reforsus encaixotados

15- Machados -nas ruas vem a informação para ser apurada de asilo com mais de 50 idosos com suspeita do uso dos rendimentos dos mesmos não pelos próprios

16-Casinhas - não há material de reanimação para parada cardíaca mas há material do reforsus encaixotado

17Araripina-melhor unidade de saúde mas não há salários para médicos e sim produção

18-Trindade - 800 bares, um para cada 30 habitantes, elevado índice de prostituição infantil e também entre meninos,sem merenda escolar no momento

19-Ipubi -suicídio entre crianças com agrotóxicos

20-Bodocó -hospital não tem necrotério, fica na área da cozinha,bordel domiciliar para prostituição infantil, relatado a promotoria, pior condição de hospital,cadeia interditada(?)

21-Exu-prostituição infantil no posto gonzagão, segundo dados colhidos nas ruas a aposentadoria de agricultores precisam ser dados 3 meses de contrapartida pelos idosos, relato de que polícia fala "papai faz, mamãe cria e nós mata"

22-Granito -exame papanicolau para prevenção de câncer ginecológico demora meses para resultado

23-Moreilandia -hospital sem condições de estrutura, escola tem merenda mas não merendeira
em Moreilandia, MARIA ODENI DA SILVA, vulgo miúda entrega delivery da filha de 12 anos ao senhor de 70 anos JOAO LUCAS, existe conhecimento da policia e caso avisado a prooytora

24-Cedro -depressão em adolescentes com suicídios de dois jovens no mesmo dia/  hospital elefante branco (inconcluso) /radio comunitária não instalada porque constou como cedro-ceará e não Pernambuco



25=Serrita -funcionários do hospital sem material de proteção e recebendo alguns 170 reais por mês

26-Verdejante´´indice muito elevado de prostituição infantil

RELATÓRIO DA CARAVANA 2007

1- saúde - na quase totalidade, não são cumpridos os direitos consagrados na constituição e nas lei 8080 e 8142

A -farmácia básica vem atrasando até 4 meses a entrega pelo ministério



B -falta de recursos humanos com diversos hospitais onde o plantonista é um único médico quase todos os dias da semana



C - plantões de estudantes e não se consegue flagrar por falta de ação policial

D -não existem consórcios

E -a grande maioria dos conselhos municipais de saúde não tem a menor capacitação, qualificação para exercer o controle social

F -falta resolutividade nos hospitais regionais e campeia a ambulancioterapia por estradas onde 25km são percorridos em 1  hora, E  transitam gestantes



G -profissionais de saúde como auxiliares de enfermagem tem o salário atrasado em até 5 meses

H -equipamentos caros, reforsus, estocados em até 4 anos porque sequer foi solicitado

I -estruturas precárias de hospital tanto em área física, lavanderias insalubres, total descumprimento a normas e leis relativas a vigilância sanitária



J -vínculos empregatícios frágeis

K -mortalidade infantil o dobro da média Brasil

2- Educação

a- estudantes na quase totalidade sendo transportados em paus-de-arara, o Estado atrasa e manda verba insuficiente para transporte escolar



b-salário ridículo dos professores

c-falta de qualificação dos professores

d-falta de bibliotecas

e-merenda escolar aquém das necessidades nutricionais

f-pedagogia insatisfatória

g-analfabetismo de adulto ultrapassa os 50 por cento dos adultos

3- drogas e álcool em todas as cidades sem nenhum programa social de combate, redução de danos ou enfrentamento a ociosidade

a-maconha em todas as cidades entre os jovens

b-crack entrou na zona da mata

c-álcool em todas as cidades entre os jovens sem coibição pelo poder público

4-Mulher

a-abuso sexual em 90 por cento das cidades

b-muitas vezes conhece-se o abusador e há inquérito policial mas não há consequências

c-violência contra a mulher relacionada ao alcoolismo do companheiro

d-fam ílias oferecendo filhas como forma de pagamento a trabalhos, "moeda", rodízio de crianças

e crianças delivery

e-falta de programa de saúde da mulher, exames preventivos demoram meses para voltar o resultado

5- idosos´são assaltados no dia de recebimento de aposentadoria, recebem mal tratos em incidência elevada por familiares e alta incidência de utilização de idosos relacionados a exploração sexual de crianças de 8 a 10 anos

6-violência – cidades com baixo número de policiais, assaltos  aumentando com a chegada de drogas pesadas

7-economia - quase todos os municípios  a economia funciona pelo:funcionalismo da prefeitura,aposentadoria do idoso, agropecuária incipiente, bolsa família que não chega para todos,aceita-se a fome, não é fome zero pois os que não recebem nem sabem qual o critério

8-direitos humanos-cárcere privado, pau de arara, abuso a crianças, descumprimento da lei 10639,falta de programas de apoio a pessoa com deficiência



9-falta tratamento do lixo em todas as cidades,saneamento, abastecimento de água

10-ausência do Estado- extremamente frequente, promotores e juizes acumulam várias cidades ficando apenas um dia por cidade pela falta de concurso público para juizes e promotores e acarretando impunidade, falta de programa sentinela. Delegados também acumulam cidades, deixando a população sem cidadania

11-prefeitos:presença de nepotismo, descumprimento do sus e fornecimento de medicações e transferência como favores políticos

12-falta de perspectivas de felicidade e bem estar social

=não há lazer, nem há perspectivas de emprego o que gera migração para o Recife onde ocupam as periferias pois não há um plano de desenvolvimento econômico social para o Estado de Pernambuco nem cumprimento as leis existentes

=Tem que ser repensado o TCE, pois a aprovação de contas deve ser feita por órgão isento de vinculação partidária

=A capital do Estado deveria ser no mínimo um mês por ano no sertão, outro no agreste e outro na mata.

=É urgente a necessidade de projetos de economia solidária nas cidades  da região metropolitana, mata, agreste e sertão, aumentar a velocidade de inclusão social, promover  a intensificação da reforma agrária mas com garantia de compra da produção e assessoramento pelas universidades e técnicos Do contrário, as terras da zona da mata serão compradas pelo capital multinacional em função do programa do bio-combustível
Deveria ser obrigatório o governante ao inaugurar qualquer obra publicar junto quanto falta ainda para atender aquela demanda para não se governar por maquiagem
Esta é a realidade Pernambucana e sem dúvida de todo o norte-nordeste.
A história, todos conhecemos:do poder de comunicação junto com o poder econômico floresce a elite política Brasileira. Não há interesse em resolver a questão social. Para cada real arrecadado há um sonegado e outro roubado.Como pode o poder público não cobrar a dívida das empresas? Porque elas o financiam; porque não acabar com o Estado paralelo de todos os crime como trafico de drogas, seres humanos, prostituição infantil e venda de armas?
Como pode o Estado Brasileiro não enfrentar a questão do analfabetismo? O do lixo, o saneamento?
Permitir a mortalidade infantil alta? E os equipamentos comprados e não usados?Porque não fazer o programa de reforma agrária acelerar? Porque não criar rede de cooperativas nas periferias?
É preciso uma política de proteção a mulher e de redução de danos as drogas, será que eles não sabem?
Vamos levar ao governador, TJPE, Assembléia Legislativa, Presidência da República mas vamos levar as nações unidas essa realidade perversa.

Saiba mais:

Neste SITE: Atividades/Histórico - Abril 2007 - Março 2007 - Julho 2006
Mídia - Galeria
SITE do CREMEPE: www.cremepe.org.br

Fotos: Salete Hallack



Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. PolĂ­tica de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia