Logo


VocĂȘ estĂĄ em: Inicial > atividades > historico > exibir.php

 
Maximizar


MHuD se reĂșne com a Anistia Internacional.



29/04/2011

Rio de Janeiro, 29 de abril de 2011.

O MHuD foi honrado com um convite da Anistia Internacional para um almoço de trabalho em um restaurante do Rio de Janeiro. O tema foi os Direitos Humanos e uma aproximação entre a Anistia e o MHuD.
     
O encontro foi proveitoso, com a presença ilustre de Salil Shetty, Secretário Geral da Anistia Internacional, e sua equipe, composta pelos seguintes membros: Maria Poole - diretora senior de comunicação, Guadalupe Marengo - vice-diretora para o programa das Américas, Patrick Wilken - pesquisador para assuntos brasileiros e Ubiratan Muarrek - jornalista e escritor.
     
Estavam presentes membros do MHuD, dentre os quais os atores: Dira Paes - presidente do MHuD, Camila Pitanga, Letícia Sabatella, Priscila Camargo, Gilberto Miranda e Van Furlanetti e, ainda, Emílio Gallo, Pe. Ricardo Rezende, Cibele Vrcibradic, Damir Vrcibradic e Ligia Nogueira.
     
Compareceram também outros defensores dos direitos humanos, dentre eles: Marcelo Freixo - Deputado Estadual - e  Eliomar Coelho - Vereador ( ambos do PSOL-RJ), José Padilha - diretor do filme Tropa de Elite II e Sandro Rocha - ator do mesmo filme.
     
Marcelo Freixo, organizador do evento, deu as boas vindas. Em seguida fizeram uso da palavra: Salil Shetty, Márcia Poole, Dira Paes; e por fim, Pe. Ricardo Rezende. 

Shetty e Poole falaram sobre as ações da Anistia e lembraram que a organização conta com o apoio de artistas de outros países e espera estabelecer relações de apoio também com artistas brasileiros. 

Revelaram que a Anistia acompanha casos do Brasil há 40 anos e se prepara para abrir um escritório no país.  A atriz Dira Paes explicou o objetivo do MHUD, manifestou a disposição de cooperar em ações em prol dos direitos humanos e presenteou a equipe da Anistia com um livro de entrevista do MHUD em parceria com a Secretaria dos Direitos Humanos e com uma cópia do filme Este Homem Vai Morrer. Pe. Ricardo falou sobre o apoio que a Anistia tem dado aos camponeses e se recordou que este apoio é antigo. O título da premiação do MHuD é João Canuto. A família Canuto e o caso Canuto desde 1985 contou com a Anistia.


Fotos: VAN FURLANETTI

Sobre a Anistia Internacional:

A Anistia Internacional é um movimento global integrado por pessoas, em sua maioria colaborando de forma voluntária, que trabalham para que os direitos humanos sejam respeitados em todo o mundo.Nossa visão é a de um mundo em que todas as pessoas desfrutem de todos os direitos humanos proclamados na Declaração Internacional dos Direitos Humanos e em outros instrumentos internacionais de direitos humanos – direitos civis, políticos, culturais, econômicos e sociais. Embalados por esta visão, nossa missão consiste em realizar trabalhos de investigação e ação centrados em impedir e acabar com os graves abusos contra todos os direitos humanos. Investigação e ação são os motores que impulsionam a Amnesty Internacional. Imparcialidade e independência, suas características. A Amnesty International possui mais de 2.2 milhões de membros e colaboradores em mais de 150 países e regiões e coordenamos esse apoio para agir por justiça em vários temas.Você pode ajudar a realmente fazer a diferença se tornando membro ou contribuindo com a Anistia Internacional.

Mais informações: http://anistia.org.br/



Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. PolĂ­tica de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia