Logo


Você está em: Inicial > atividades > campanhas > exibir.php

 
Maximizar


Pesquisa aponta que 23% da população apresenta algum tipo de deficiência



26/07/2012

 

http://www.cremepe.org.br   http://portal.cfm.org.br/

Qui, 26 de Julho de 2012 15:21
 
 
Dados Preliminares do Censo 2010 contabilizam que o Brasil Possui 45.623.910 de pessoas que apresentam, ao menos uma deficiência, esse número corresponde a 23% da população.
 
A obtenção deste indicador foi possível, em função de uma  mudança no questionário aplicado anteriormente, em 2006, o novo modelo garantiu maior precisão ao captar as características das pessoas com deficiência. Os questionários se inclinaram tanto a compreender qual deficiência é mais incidente, quais são os graus desta e como está desenhada a distribuição por Região no País.
 
A maior incidência está na região sudeste, também pelo fato de ser a região que apresenta maior concentração populacional, corresponde a 9,7%. A seguir está a Região Nordeste com 7,4% dos casos, a Região Sul com 3,2%, a Região Norte com 1,9 e por fim a Região Centro-Oeste com 1,6%. A pesquisa completa será divulgada em alguns meses, esses dados esclarecerão a real situação destas pessoas, e será possível o desenvolvimento de estratégias mais solidas de inclusão.
 
Campanha - Preocupado em incluir este grupo, o Conselho Federal de Medicina (CFM), em conjunto com a Federação Brasileira dos Hospitais, planeja campanha que visa garantir vagas para treinamento e qualificação de pessoas com necessidades especiais em estabelecimentos de saúde. As entidades já firmaram parceria com Romário, deputado federal e ex-jogador de futebol, que tem dedicado seu mandato pela luta à inclusão de minorias.
 
Uma cartilha está sendo desenvolvida para a campanha e retrata - em históriaem quadrinhos – Romário (como jogador) explicando a importância de se enfrentar o preconceito: “é mais do que ganhar copas, é ganhar o respeito pelas diferenças”, retrata a cartilha. A previsão de lançamento é próximo ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, comemorado em 21 de setembro. 

 

CFM e Romário firmam parceria para garantir mais vagas para treinamento a deficientes
Qui, 12 de Julho de 2012 09:16
Conselho Federal de Medicina (CFM), em conjunto com a Federação Brasileira dos Hospitais, planeja campanha que visa garantir vagas para treinamento e qualificação de pessoas com necessidades especiais em estabelecimentos de saúde. As entidades já firmaram parceria com Romário, deputado federal e ex-jogador de futebol, que tem dedicado seu mandato pela luta à inclusão de minorias.
 
Uma cartilha está sendo desenvolvida para a campanha e retrata - em históriaem quadrinhos – Romário (como jogador) explicando a importância de se enfrentar o preconceito: “é mais do que ganhar copas, é ganhar o respeito pelas diferenças”, retrata a cartilha. A previsão de lançamento é próximo ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, comemorado em 21 de setembro.
 
O deputado Romário se demonstrou entusiasmado com o trabalho de inclusão do Conselho. “Apesar do preconceito que ainda existe, nós estamos conseguindo mudar a mentalidade dessas pessoas e reverter esse quadro a favor das pessoas com deficiência”, disse.
 
Segundo o coordenador da Comissão de Ações Sociais do CFM, Henrique Batista e Silva, a parceria com Romário se justifica pelo trabalho do parlamentar na luta pela desigualdade e contra as diferenças.
 
O membro da Comissão, Ricardo Paiva, afirmou que uma forma de se quebrar o preconceito “é trazer a sociedade pro convívio com pessoas especiais”. Já o 1º vice-presidente do CFM, Carlos Vital Corrêa Lima, concluiu: “é um despertar da sociedade de maneira intensa”.


Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia