Logo


Você está em: Inicial > agenda > exibir.php

 
Maximizar


Ato nacional, dia 9, em favor do povo Guarani Kaiow√°



09/11/2012 00:00:00

 

Pelo menos 30 cidades brasileiras já confirmaram a realização de atos, em favor dos Guarani Kaiowá. No Rio, a manifestação será na Aldeia Maracanã, também ameaçada de despejo por Cabral.

Atos em solidariedade a luta do povo Guarani Kaiowá serão organizados em pelo menos 30 cidades brasileiras. Os protestos são em defesa dessa comunidade, que luta para manter seu direito à terra, em Mato Grosso do Sul.

No último dia 30, a, presidenta Dilma se posicionou a favor da permanência da etnia Guarani Kaiowá na terra que está sendo disputada por fazendeiros da região. Segundo o procurador do MPF Marco Antonio Delfino, que defende a permanência do grupo indígena, a mobilização na internet foi fundamental para que a situação chegasse aos ouvidos da presidenta. Na última terça feira (30), a desembargadora Cecília Mello, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, anulou sentença de primeira instância, que ordenou a desocupação da área e garantiu a permanência dos índios na aldeia.

Mas a disputa continua, daí a grande mobilização entre indígenas de todo o país. O caso dos Guarani Kaoiwá é emblemático. Caso sejam retirados da terra, eles ameaçam praticar suicídio coletivo. No Rio, também está na mira dos empreiteiros a Aldeia Maracanã, no local onde funcionou o Museu do Índio, hoje fechado. O governador Sérgio Cabral quer remover a aldeia e derrubar o prédio, para fazer obras visando a Copa de 2014.

Os atos em todo o país, são convocados pelo Comitê Internacional de Solidariedade ao Povo Guarani Kaiowá e vêm recebendo o apoio de sindicalistas e movimentos sociais de várias áreas, no Brasil e no exterior.

Fonte: Agência Petroleira de Notícias



Rede Social
Youtube
Facebook
Twitter
 
Movimento Humanos Direitos ® Todos os direitos reservados. Pol√≠tica de Privacidade. Mapa do Site.
Desenvolvido por MelhorWeb Tecnologia